Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Defesas > Defesa de Dissertação de Cristina Fernanda Viana da Silva
Início do conteúdo da página

Defesa de Dissertação de Cristina Fernanda Viana da Silva

Hits: 36

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA 
DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO
COORDENADORIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL E SISTEMAS PRODUTIVOS 

A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Sistemas Produtivos  tem a satisfação de convidá-lo para assistir à

 

D E F E S A   D E DISSERTAÇÃO

 

COM O TÍTULO:

 

 

“FLUXO POPULACIONAL AO LONGO DA PANDEMIA DA COVID 19 EM UM CENTRO DE TERAPIA INTENSIVA”

Por

 

Cristina Fernanda Viana da Silva

 

Resumo

 

Introdução: Define-se Covid-19 uma infecção respiratória aguda causada pelo coronavírus SARS-Cov-2, pertencente ao subgênero Sarbecovírus, da família Coronaviridae. Tendo em vista a demanda por buscas de serviço de saúde, destaca-se a importância do acesso geográfico à população acometida durante a pandemia do coronavírus, de modo que consigam alcançar o ingresso aos equipamentos e demais recursos que são primordiais à tal propósito em tempo hábil a fim de prevenir óbitos, maiores complicações e tempo de hospitalização. Analisar o fluxo da população ao buscar atendimento de saúde auxilia no reconhecimento do uso desses serviços, e quando se refere à pandemia, é muito provável que esse tipo de estudo possa contribuir para futuras organizações das ações de saúde. Objetivos: O estudo tem como finalidade pesquisar a utilização dos serviços de saúde em um hospital público em Niterói, especificamente durante a pandemia do covid-19 com foco no deslocamento para busca do atendimento. Assim, analisar a pressão sobre a unidade de saúde relacionada à necessidade de busca para atendimento hospitalar. Métodos: Trata-se de um estudo ecológico, descritivo e exploratório para análise da distribuição espacial dos casos de Covid-19 notificados e internados no Centro de Terapia Intensiva de um hospital público na região metropolitana do Rio de Janeiro. O hospital escolhido foi o Hospital Universitário Antônio Pedro por se tratar de uma instituição de referência na prestação de assistência de alta e média complexidade, além de ser o local laboral do pesquisador. Também será incorporada ao estudo a Teoria do Lugar Central, desenvolvida pelo Geógrafo Alemão Walter Christaller. Resultados: O maior número de atendimentos durante a pandemia de Covid-19, na Região Metropolitana II do Estado do Rio de Janeiro, foi referente ao Município de Niterói, região onde se localiza o hospital escolhido para a arguição, seguido de São Gonçalo e Maricá. Porém, pode-se observar um quantitativo bem reduzido de acolhimento referente a maioria das áreas que não formam a Região Metropolitana II. Conclusão: É provável que o deslocamento dos pacientes residentes em áreas que não englobam a Região Metropolitana II, e que precisaram ser atendidos nessa localidade, tenha sido um diferencial relacionado ao espaço de tempo para o atendimento e sobrevida. Por conseguinte, uma das principais inquietações não se refere apenas ao deslocamento dessas pessoas, mas também, ao tamanho dele. Diante disso, estratégias e linhas específicas de cuidados precisam ser tomadas a fim de precaver a evolução para o óbito nesses casos. 

 

Banca Examinadora composta pelos Doutores:

Júlio Cesar Santos da Silva (CEFET/RJ) (Orientador)
Herlander Costa Alegre da Gama Afonso (CEFET/RJ)
Isabelle Andrade Silveira (UFF)
Juliana de Melo

 

 

Local, data e horário:

 

 

Fim do conteúdo da página