Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Defesas > Defesa da Dissertação de Mestrado - André da Silva Menezes
Início do conteúdo da página

Defesa da Dissertação de Mestrado - André da Silva Menezes

Hits: 694

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA 
DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO
COORDENADORIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL E SISTEMAS PRODUTIVOS 

A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Sistemas Produtivos  tem a satisfação de convidá-lo para assistir à

 

D E F E S A   D E DISSERTAÇÃO

 

COM O TÍTULO:

 

 

“MOBILIDADE COMO SERVIÇO (MAAS): UM ESTUDO SOBRE PERCEPÇÕES E INTENÇÃO DE USO NA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO”

Por

 

André da Silva Menezes

 

Resumo

 

Mobilidade como Serviço (MaaS): Um Estudo Sobre Percepções e Intenção de Uso na Região Metropolitana do Rio de Janeiro

As novas possibilidades e abordagens derivadas da evolução e incorporação das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC’s) em muitos setores tem mudado a forma de interação entre usuários e serviços. Uma das novas abordagens emergentes no setor da mobilidade urbana é o conceito da Mobilidade como Serviço (Mobility as a Service - MaaS). A ideia inovadora por trás do MaaS combina uma variedade de modos de transporte para fornecer um serviço orientado ao usuário por meio de uma única interface, em um aplicativo de smartphone. Ainda que recente, o MaaS tem atraído cada vez mais interesse dentro e fora do setor de transporte, com iniciativas já em operação ou em testes em cidades da Europa e Estados Unidos. Este estudo busca identificar como os residentes de uma grande metrópole brasileira – a Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ) – percebem o conceito MaaS e sua intenção de uso no caso de uma eventual implantação do conceito na região. Para alcançar o objetivo, a metodologia da pesquisa utiliza a Modelagem por Equações Estruturais (SEM) e o Modelo de Aceitação de Tecnologia (TAM), empregando os construtos Compatibilidade e Complexidade como variáveis externas para identificar a Intenção Comportamental de Uso de um serviço como o MaaS. Os resultados sugerem que os residentes da RMRJ teriam a intenção de utilizar o serviço, considerando o serviço compatível com seu estilo de vida. O estudo também demonstra interesse no conceito por parte de diferentes perfis de respondentes, incluindo proprietários de automóveis particulares.

Palavras-chave: Mobilidade Urbana; Mobilidade como Serviço (MaaS); Intenção Comportamental de Uso; Modelo de Aceitação de Tecnologia; Modelagem por Equações Estruturais.

 

 

Banca Examinadora composta pelos Doutores:

José André Villas Boas Mello (CEFET/RJ) (Orientador)
Andréa Justino Ribeiro Mello (CEFET/RJ) (Co-orientadora)
Maria do Rosário Maurício Ribeiro Macário (Universidade de Lisboa)
Rômulo Dante Orrico Filho (UFRJ)
Herlander Costa Alegre da Gama Afonso (CEFET/RJ)
Chrystiane Gerth Silveira Abreu (CEFET/RJ)

 

Local, data e horário:

 

    • Plataforma Teams (Acesse aqui a Live da Defesa)
    • 21 de fevereiro de 2022
    • 14h

Fim do conteúdo da página