Integridade Estrutural

Total de projetos de pesquisa


Número total de itens: 6

2020

1.   2020-Atual. Estudo de Propagacao do COVID-19/SARS-CoV-2 entre Individuos e Grupos de Individuos Durante Contato Social
Descrição: Esta proposta visa investigar os meios de propagação do COVID-19/SARS-CoV-2 através de duas abordagens complementares entre indivíduos e grupos de indivíduos du- rante contato social. Um modelo de pequena escala é proposto para investigação do comportamento de gotículas salivares entre indivíduos que possam estar contaminados por doenças oralmente transmissíveis. Ao mesmo tempo, um estudo sobre contaminação de grupos de indivíduos através de dinâmica populacional será realizado para compre- ensão em grande escala do comportamento epidêmico da doença. É neste escopo que o presente projeto se insere, visando o aperfeiçoamento de uma plataforma de estudos computacionas, apoiada pela FAPERJ em diversos projetos em andamento, utilizando simulação numérica de alto nível com o objetivo de caracterizar a dinâmica de partículas salivares e a dinâmica de infecção através de contato entre grupos de pessoas de uma mesma localidade e entre regiões do país. A diferença de escalas destas duas abordagens permitirá uma compreensão detalhada da rápida propagação de carga viral do COVID-19 e da efetividade dos efeitos de contenção da doença em nossa sociedade. FAPERJ - Proc. Ref. N. 210.207/2020.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . Integrantes: Pedro Manuel Calas Lopes Pacheco - Integrante / Marcelo Amorim Savi - Integrante / Gustavo Rabello dos Anjos - Coordenador / Fabio Pereira dos Santos - Integrante / Glauco Luciano Gomes da Silva - Integrante / Gustavo Charles Peixoto Oliveira - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
Membro: Pedro Manuel Calas Lopes Pacheco.

2019

1.   2019-Atual. Apoio para Equipe de Baja do CEFET/RJ Participar da Competicao Baja SAE Brasil
Descrição: A competição BAJA SAE tem objetivos educacionais e visa criar um ambiente de trabalho para os futuros Engenheiros. Este projeto consiste em projetar e construir um veículo do tipo ?off-road? para participar da competição Baja SAE Nacional que é realizada anualmente no mês de março em São José dos Campos ?SP. Este veículo deverá resistir a solicitações severas, em diversas condições de tempo e terreno. Este projeto tem como finalidade apoiar o projeto Baja do CEFET/RJ, através do suporte financeiro, para facilitar a participação da equipe na competição Nacional da SAE Brasil .. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (20) . Integrantes: Ricardo Alexandre Amar de Aguiar - Coordenador / Christian Nolte - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
Membro: Ricardo Alexandre Amar de Aguiar.
2.   2019-Atual. Atenuadores de Vibracoes Utilizando Ligas com Memoria de Forma - APQ1
Descrição: Apesar dos avanços que ocorreram no último século na área de controle das vibrações, as vibrações indesejadas ainda causam muitos problemas. Estruturas, máquinas e equipamentos industriais estão sujeitos a vibrações mecânicas que podem afetar o seu desempenho e a sua integridade estrutural, além de produzir desconforto físico e/ou mental, tanto a operadores quanto a usuários. Para proporcionar condições de operação adequadas para os equipamentos e conforto aos usuários, muitas vezes torna-se necessária a utilização de dispositivos para atenuar ou controlar as vibrações indesejáveis. As características singulares das ligas com memória de forma (SMAs ? do inglês Shape Memory Alloys)) têm incentivado sua aplicação em sistemas mecânicos visando à atenuação de vibrações. Dentre as principais características, estes materiais apresentam grande capacidade de dissipação, associada ao laço de histerese, e a variação das propriedades mecânicas promovidas por fenômenos de transformação de fase. Estes comportamentos especiais podem ser explorados no desenvolvimento de atenuadores de vibração com características adaptativas. Neste projeto será realizada uma análise numérico/experimental envolvendo a atenuação de vibrações em sistemas mecânicos com elementos com memória de forma. (APQ1). Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . Integrantes: Ricardo Alexandre Amar de Aguiar - Coordenador / Hector Reynaldo Meneses Costa - Integrante / Pedro Manuel Calas Lopes Pacheco - Integrante / Luciana Loureiro da Silva Monteiro - Integrante / Sergio de Almeida Oliveira - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
Membro: Ricardo Alexandre Amar de Aguiar.
Descrição: Apesar dos avanços que ocorreram no último século na área de controle das vibrações, as vibrações indesejadas ainda causam muitos problemas. Estruturas, máquinas e equipamentos industriais estão sujeitos a vibrações mecânicas que podem afetar o seu desempenho e a sua integridade estrutural, além de produzir desconforto físico e/ou mental, tanto a operadores quanto a usuários. Para proporcionar condições de operação adequadas para os equipamentos e conforto aos usuários, muitas vezes torna-se necessária a utilização de dispositivos para atenuar ou controlar as vibrações indesejáveis. As características singulares das ligas com memória de forma (SMAs ? do inglês Shape Memory Alloys)) têm incentivado sua aplicação em sistemas mecânicos visando à atenuação de vibrações. Dentre as principais características, estes materiais apresentam grande capacidade de dissipação, associada ao laço de histerese, e a variação das propriedades mecânicas promovidas por fenômenos de transformação de fase. Estes comportamentos especiais podem ser explorados no desenvolvimento de atenuadores de vibração com características adaptativas. Neste projeto será realizada uma análise numérico/experimental envolvendo a atenuação de vibrações em sistemas mecânicos com elementos com memória de forma (APQ1). Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . Integrantes: Pedro Manuel Calas Lopes Pacheco - Integrante / Sérgio de Almeida Oliveira - Integrante / Ricardo Alexandre Amar de Aguiar - Coordenador / Hector Reynaldo Meneses Costa - Integrante / MONTEIRO, LUCIANA LOUREIRO DA SILVA - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
Membro: Pedro Manuel Calas Lopes Pacheco.
3.   2019-Atual. MANUTENCAO DA INFRAESTRUTURA DE PESQUISA DO PROGRAMA DE POS-GRADUACAO EM ENGENHARIA MECANICA E TECNOLOGIA DE MATERIAIS
Descrição: A infraestrutura do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica e Tecnologia dos Materiais (PPEMM) foi implementada por meio de projetos de pesquisa aprovados pelas agências de pesquisa nacionais, tais como: CNPq, FINEP e CAPES. Além disso, o PPEMM recebeu o importante apoio da FAPERJ. A infraestrutura atual permitiu o aumento da produção de artigos e de dissertações concluídas. Isso leva a acreditar em melhores resultados durante a próxima avaliação do programa da CAPES. Mas esse resultado dependerá da capacidade do programa para manter os laboratórios funcionando normalmente. Por isso, o programa decidiu focar a sua solicitação na manutenção da sua infraestrura laboratorial. Este projeto visa apoiar o desenvolvimento da pesquisa e a formação de recursos humanos, mantendo os laboratórios de pesquisa do programa e apoiando a divulgação dos resultados obtidos. A proposta apresenta solicitação de financiamento para a execução de serviços de manutenção de equipamentos, compra de materiais, componentes, peças de reposição, inscrição em eventos para divulgação dos resultados obtidos.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (25) Doutorado: (15) . Integrantes: Ricardo Alexandre Amar de Aguiar - Coordenador / P M C L Pacheco - Integrante / Hector Reynaldo Meneses Costa - Integrante / Paulo Pedro Kenedi - Integrante / Luis Felipe Guimarães Souza - Integrante / KENEDI, P. P. - Integrante / Silvio Romero de Barros - Integrante / Juliana Primo Basílio de Souza - Integrante / Ivani de Souza Bott - Integrante / Luciana Loureiro da Silva Monteiro - Integrante / Doina Mariana Banea - Integrante / Marcelo Amorim Savi - Integrante / Jorge Carlos Ferreira Jorge - Integrante / Ana Lucia Ferreira de Barros - Integrante / Felipe do Carmo Amorim - Integrante / Juan Manuel Pardal - Integrante / Sérgio Souto Maior Tavares - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
Membro: Ricardo Alexandre Amar de Aguiar.

2018

1.   2018-Atual. Acoplamento Termomecanico em Dispositivos de Ligas com Memoria de Forma
Descrição: O projeto tem como objetivo geral desenvolver pesquisa e formação de recursos humanos na área de dispositivos termomecânicos com elementos com SMA, abordando os tópicos de modelagem, simulação numérica e desenvolvimento de experimentos para verificar a adequação dos modelos propostos. No projeto proposto, a metodologia será aplicada ao estudo do comportamento dinâmico de diversos dispositivos com elementos de SMA, como atuadores, absorvedores de vibrações e sistemas de colheita de energia. Através do desenvolvimento de simulações numéricas será possível prever o comportamento dinâmico dos elementos de SMA e ajustar as suas propriedades de modo a otimizar o seu desempenho. Serão utilizados os seguintes elementos de SMA nos dispositivos: fios, placas e molas com memória de forma. Pretende-se que metodologia proposta possa vir a ser utilizada como uma ferramenta para o desenvolvimento de dispositivos com elementos de memória de forma. Os modelos propostos serão calibrados e validados através do estabelecimento de um programa experimental para medir variáveis associadas aos processos mecânico e térmico: deslocamentos, acelerações e temperatura. Para isso serão construídos protótipos dos dispositivos desenvolvidos com elementos de SMA. (CNPq - Bolsa de Produtividade em Pesquisa). Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . Integrantes: Pedro Manuel Calas Lopes Pacheco - Coordenador / Sérgio de Almeida Oliveira - Integrante / Ricardo Alexandre Amar de Aguiar - Integrante / Luís Felipe Guimarães de Souza - Integrante / Marcelo Amorim Savi - Integrante / Alexander L. Kalamkarov - Integrante / Luciana Loureiro da Silva - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Pedro Manuel Calas Lopes Pacheco.
2.   2018-Atual. Caracterizacao Nao Destrutiva da Transformacao Martensitica de Acos Inoxidaveis Austeniticos
Descrição: Os processos de conformação a frio são normalmente empregados nos aços inoxidáveis austeníticos (AIA) em estágios finais da fabricação de fios, barras, placas e tubos de modo atingir um ajuste preciso das dimensões da peça fabricada visando ainda uma melhora nos valores das propriedades mecânicas. Neste processo pode ocorrer a transformação da fase austenita para martensita em função da composição química do aço inoxidável. Recentemente, a influência do teor de carbono na transformação martensítica de aços inoxidáveis estabilizados ao titânio foi investigada por ensaios destrutivos mediante uso de um Magnetômetro de Amostra Vibrante (Vibrating Sample Magnetometer - VSM), onde a susceptibilidade de transformação martensítica por deformação plástica a frio diminui drasticamente com o teor de carbono contido na liga. Com base neste estudo, mostra-se interessante o emprego de técnicas não destrutivas de caracterização em diferentes condições de deformação a frio, tendo em vista que a quantidade de martensita influencia as propriedades mecânicas, assim como a resistência à corrosão dentre outras propriedades desta classe de aço inoxidável. Assim sendo, o presente projeto contempla a aplicação das técnicas não destrutivas de dureza por impedância ultrassônica de contato UCI, ferritoscopia, correntes parasitas (CP) e ruído magnético Barkhausen (RMB) na determinação da fração volumétrica da austenita transformada em martensita em aços inoxidáveis austeniticos estabilizados ao titânio em diferentes condições de deformação plástica em frio, assim como em tratamentos em temperaturas sub zero através de resfriamento criogênico controlado. Os efeitos da deformação plástica a frio e espessura da amostra avaliada serão ainda levados em consideração na caracterização através dos ensaios supracitados. Por fim, os resultados obtidos no emprego dessas técnicas podem resultar promissores na caracterização não destrutiva da transformação martensítica de aços inoxidáveis austeníticos estabilizados ao titânio... Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . Integrantes: Humberto Nogueira Farneze - Integrante / Juan Manuel Pardal - Coordenador / Cássio Barbosa - Integrante / TAVARES, S.S.M. - Integrante / Hamilton Ferreira Gomes de Abreu - Integrante / Marcelo José Gomes da Silva - Integrante / Eduardo Ariel Ponzio - Integrante.
Membro: Humberto Nogueira Farneze.


(*) Relatório criado com produções desde 2018 até 2021
Data de processamento: 19/05/2021 13:14:06