Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Teses e Qualificações > Defesa de qualificação do discente Fábio Oliveira Silva
Início do conteúdo da página

Defesa de qualificação do discente Fábio Oliveira Silva

Última atualização em Terça, 27 de Julho de 2021, 23h47 | Acessos: 606

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA & UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO
COORDENADORIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INSTRUMENTAÇÃO E ÓPTICA APLICADA

A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Instrumentação e Óptica Aplicada tem a satisfação de convidá-lo para assistir à

 

D E F E S A   D E QUALIFICAÇÃO

 

COM O TÍTULO:

 

 

“Otimização de Topologia de Redes de Sensores sem Fio para Aplicações de Inferência Distribuída”

Por

 

Fábio Oliveira Silva

 

Resumo

 

As Rede de Sensores Sem Fio (RSSFs) vêm sendo amplamente utilizadas nas áreas médica, militar, no monitoramento industrial, agrícola e no monitoramento ambiental para supervisão de desastres e monitoramento climático. De modo geral, os nós sensores de uma RSSF devem ser pequenos e leves para poderem ser espalhados em regiões de interesse. Para tanto, eles possuem severas restrições de energia. Desta forma, o consumo de energia é um ponto crítico no projeto destas redes, pois reduzir o consumo de energia é uma forma de aumentar o seu tempo de vida. Como os nós sensores costumam ser dispostos em regiões de difícil acesso, por vezes impossibilitando a sua troca, quando sua energia acaba, isso implica na diminuição da densidade da rede, reduzindo a quantidade de nó por metro quadrado. Desta forma, é importante desenvolver uma solução para este problema selecionando uma topologia eficiente e que seja tolerante a falhas. Uma das maneiras de se lidar com esse problema é o que se chama de Controle de Topologia, que trata de aspectos como a identificação dos nós conectados em uma rede em transmissão máxima, calculando a potência mínima de transmissão para um nó individual para conservação de energia e conectando os nós de maneira a consumirem menos energia. Nesse sentido, a ideia das técnicas de controle de topologia é projetar a topologia de RSSFs, de modo a otimizar parâmetros como área de cobertura, densidade de nós da rede, potência de transmissão ou o consumo energético. Uma das contribuições deste trabalho é o estudo e o desenvolvimento de métodos de otimização da topologia para RSSF, projetando assim uma rede eficiente em termos energéticos. Para tanto, algoritmos evolucionários serão investigados, além do algoritmo GRASP. Desse modo, pretende-se comparar diversos algoritmos que usam estratégias de otimização distintas e propor alterações nos algoritmos avaliados. Além disso, propor um algoritmo genético multiobjetivo, com vistas a minimizar o consumo de energia da rede, a probabilidade de perdas de pacotes transmitidos, maximizando conjuntamente, a área de cobertura. Pretende-se ainda avaliar a RSSF otimizada em uma aplicação específica. Mais especificamente, consideraremos a utilização de uma RSSF para o monitoramento de algum fenômeno que, inevitavelmente, envolverá algum tipo de inferência estatística como: detecção, estimativa de parâmetros, e rastreamento. Neste contexto, este trabalho investigará métodos de otimização da topologia com vistas a aplicações de inferência distribuída e avaliará o compromisso entre os algoritmos de otimização da topologia e de inferência, investigando assim a relação entre o método de otimização e o filtro a ser usado na inferência.

 

 

Banca Examinadora composta pelos Doutores:

Diego Barreto Haddad, CEFET-RJ, Orientador
Felipe da Rocha Henriques (CEFET-RJ, Co-orientador)
Milena Faria Pinto (CEFET-RJ, PPGIO)
Laura Silva de Assis (CEFET-RJ, PPCIC)
‪Michel Pompeu Tcheou (UERJ)

Local, data e horário:

Fim do conteúdo da página