Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Contribuição com o Ensino Básico / Graduação
Início do conteúdo da página

Contribuição com o Ensino Básico / Graduação

Última atualização em Quinta, 21 de Novembro de 2019, 15h51 | Acessos: 1108

Interfaces com a Educação Básica

 A previsão de orientações de alunos do PIBIC- EM é uma ação importante. Vale a pena destacar que o CEFET/RJ possui a característica de termos alunos dos diversos níveis e a possibilidade de entraram em contato através de atividades de laboratório. Isto é um diferencial de alto impacto que deve ser explorado, inicio desde ano, contamos com alunos bolsistas de Iniciação científica do CNPq do ensino médio/técnico sendo orientados por docentes do programa. A ideia é que estes alunos possam após a graduação serem possíveis candidatos para o mestrado ou doutorado no nosso programa.

Indicadores de integração com a graduação.

Em relação aos cursos tradicionais de graduação em Engenharia Elétrica, o curso ministrado no CEFET/RJ e na UFF apresentam uma sólida base nas áreas de Fotônica, Telecomunicações e Eletrônica. Esta característica se reflete no expressivo número de alunos de graduação vinculados aos projetos de pesquisa dos docentes, seja através do desenvolvimento dos projetos de iniciação científica ou das monografias de projeto de final de curso.

A seguir um breve histórico dos e cursos de graduação e pós-graduação do CEFET/RJ e da UFF :

O CEFET/RJ é uma Instituição Federal de Ensino Superior, que tem quase 100 anos de história e que ao longo desses anos estabeleceu uma identidade própria associada ao desenvolvimento tecnológico e à formação de quadros profissionais reconhecidos pela sociedade fluminense, em particular pelos segmentos da indústria regional. A contribuição com a formação de profissionais de engenharia, em especial, representa, desde a década de 70, uma experiência bem sucedida. A oferta de cursos de graduação no CEFET/RJ abrange o bacharelado, os cursos superiores de tecnologia e a licenciatura, em diferentes campi. Em 2009, o CEFET /RJ aprovou a adesão integral ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), utilizando o novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como fase única de seleção para o ingresso nos cursos de graduação de seus diversos campi a partir do ano de 2010. Atualmente, o CEFET/RJ possui 13 cursos de graduação no campus Maracanã, 3 no campus  de Nova Iguaçu, 3 no campus de Angra dos Reis, 2 no campus de Itaguaí, 4 no campus de Petrópolis, 2 no campus de Valença e 2 na modalidade de Ensino a Distância. Em 1986, como previsto na Lei n. 6.545 de 30 de junho de 1978 que o transformou em Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET), começou a desenvolver atividades de pesquisa científica e no final da década de 80 a discutir seu projeto de Pós-Graduação Stricto Sensu ( PGSS). Atualmente, o CEFFET/RJ possui 11 cursos de PGSS, sendo  4 de doutorado e 6 de mestrado acadêmico e 1 mestrado profissional.

 

A Universidade Federal Fluminense - UFF foi criada em 1960 com o nome de Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFERJ). Em 1961, a Universidade foi federalizada e foram incorporados alguns estabelecimentos de ensino existentes em Niterói. Isso ocorreu apesar das grandes diferenças entre elas, inclusive no que tangia a sua dependência administrativa (federal, estadual ou particular). Das Instituições que formaram a UFERJ, cinco eram federais - Direito, Medicina, Odontologia, Farmácia e Veterinária - e foram incorporadas à Universidade; das outras cinco, que foram agregadas a ela, três eram estaduais - Escola Fluminense de Engenharia, Serviço Social e Enfermagem - e duas eram particulares - Filosofia e Ciências Econômicas. Em 1965, através do Decreto nº 4.759, a UFERJ passou a denominar-se Universidade Federal Fluminense. A UFF oferece 126 cursos de graduação (bacharelados, licenciaturas ou tecnólogos nos campi Niterói, Volta Redonda, Campos dos Goytacases, Santo Antônio de Padua, Rio das Ostras, Macaé, Petropolis, Nova Friburgo e Angra dos Reis) e 65 programas de pós-graduação, sendo 41 para mestrado e doutorado, 21 apenas para mestrado acadêmico, 15 mestrados profissionais  e 3 apenas para doutorado.

 

 

Fim do conteúdo da página