Processamento e Soldagem por Fricção e Mistura (Friction Stir Processing and Welding) Aplicados em Metais

Saulo Brinco Diniz

Graduado em Engenharia Metalúrgica (2006 - 2011) e mestre em Engenharia Metalúrgica (2012 - 2014) pela Universidade Federal Fluminense - UFF (Escola de Engenharia Industrial Metalúrgica de Volta Redonda - EEIMVR - Volta Redonda, RJ), doutor em Ciências dos Materiais (2014 - 2018) pelo Instituto Militar de Engenharia - IME - Rio de Janeiro, RJ. Durante o doutorado atuou como técnico em educação (2015 - 2016) do Instituto SENAI de Tecnologia Solda (IST Solda) - Rio de Janeiro, RJ. Atualmente é professor 40 horas com regime de dedicação exclusiva do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET - RJ), campus Angra dos Reis - RJ, lotado no departamento de Engenharia Metalúrgica, onde atua nos cursos de graduação em Engenharia Metalúrgica e Engenharia Mecânica (maio/2016 ? atualmente). Tem experiência na área de engenharia metalúrgica e de materiais, com ênfase em processamentos mecânicos e tratamentos térmicos, atuando principalmente nos seguintes temas: conformação mecânica, evolução e caracterização microestrutural / mecânica e textural (microscopia óptica e eletrônica (de varredura e de transmissão), e difração de raio - X) de metais. Em fevereiro de 2018 iniciou a condução de estudos relacionados ao Processamento / Soldagem por Fricção e Mistura (Friction Stir Proecessing / Welding (FSP / FSW) em ligas não ferrosas (alumínio, magnésio, cobre, latão e titânio puro) e em aços inoxidáveis e livres de intersticiais com pequenas espessuras (de 0,5 a 2,0 mm). (Texto informado pelo autor)

  • http://lattes.cnpq.br/9807741117928143 (16/04/2021)
  • Rótulo/Grupo:
  • Bolsa CNPq:
  • Período de análise:
  • Endereço: Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, CEFET. Rua do Areal Parque Perequê (Mambucaba) 23953030 - Angra dos Reis, RJ - Brasil Telefone: (024) 992999319 URL da Homepage: http://cefet-rj.br/unidades-de-ensino/angra-dos-reis.html
  • Grande área: Engenharias
  • Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • Citações: Google Acadêmico

Produção bibliográfica

Produção técnica

Produção artística

Orientações em andamento

Supervisões e orientações concluídas

Projetos de pesquisa

Prêmios e títulos

Participação em eventos

Organização de eventos

Lista de colaborações


Produção bibliográfica

Produção técnica

Produção artística

Orientações em andamento

Supervisões e orientações concluídas

Projetos de pesquisa

  • Total de projetos de pesquisa (3)
    1. 2020-Atual. Relacao entre os parametros do Friction Stir Processing, deformacao por laminacao e tratamentos termicos adequados no aumento da resistencia mecanica de metais.
      Descrição: Atualmente busca-se uma maior eficiência energética, sendo assim a redução de peso das estruturas metálicas em diversos setores como, por exemplo, o aéreo e o automobilístico, tem sido uma alternativa viável. Para isso, o aumento da resistência mecânica dos materiais de engenharia, é uma opção interessante, onde alguns metais, como por exemplo ligas de alumínio e ligas de magnésio, devido sua baixa densidade aliada a relativa alta resistência mecânica se destacam cada vez mais. Para se aumentar a resistência mecânica das ligas metálicas, podem ser realizados tratamentos térmicos adequados, encruamento e redução do tamanho médio dos grãos, onde o Friction Stir Processing (FSP) tem se tornado uma alternativa interessante para esta última opção. O presente projeto tem como objetivo principal, realizar um estudo sistemático que relacione os parâmetros do FSP, grau de encruamento obtido pela laminação e tratamentos térmicos adequados que possibilitem o aumento da resistência mecânica da liga de alumínio 7075, magnésio AZ91 e aço inoxidável 304. Também se destacam os seguintes objetivos secundários: correlação direta dos parâmetros empregados no FSP com as temperaturas obtidas durante o processamento, e suas influências nas propriedades mecânicas; realizar comparações microestruturais e mecânicas entre chapas como recebidas, que foram submetidas ao FSP e posteriormente laminadas até espessuras menores; escolha da melhor etapa de realização de tratamentos térmicos adequados, ou seja, antes do FSP, antes ou depois da laminação; realizar o acompanhamento da evolução microestrutural e suas influências nas propriedades mecânicas da liga ao longo de todo o processamento.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) . Integrantes: Saulo Brinco Diniz - Coordenador / Luciano Pessanha Moreira - Integrante / Darlene Souza da Silva Almeida - Integrante / Aldair Pimenta da Silva - Integrante / Carolina Alencar Caldeira de Souza - Integrante / John Santos Freire - Integrante / Kaio Ferreira dos Santos - Integrante / Natasha Matta Rangel - Integrante / Pedro Yago Ramalho da Silva dos Santos - Integrante / Suzy Maria da Silva - Integrante.
      Membro: Saulo Brinco Diniz.
    2. 2019-Atual. UTILIZACAO DO MECANISMO DE FRICCAO E MISTURA PARA UNIAO E MODIFICACAO DAS PROPRIEDADES DE CHAPAS DE LIGAS METALICAS.
      Descrição: O Friction Stir Welding (FSW) e Friction Stir Processing (FSP) consistem basicamente na imersão e no avanço (geralmente em linha reta ao longo da região a ser soldada / processada) de uma ferramenta, que é constituída por um pino não consumível acoplado a um ombro, que giram com uma velocidade constante, porém no primeiro este deslocamento se dá ao longo de uma linha que é definida entre duas peças a serem soldadas, e no segundo, ocorre em uma única peça a ser processada. O objetivo deste projeto submetido a FAPERJ, compreende em arrecadar fundos para aquisição de equipamentos e materiais de consumo indispensáveis para a execução de análises em projetos envolvendo o FSW / FSP que estão sendo desenvolvidos e que serão desenvolvidos na instituição de execução do projeto. Como boa parte dos parâmetros do FSW / FSP tem uma relação direta com a temperatura, as aquisições de termômetros podem auxiliar no acompanhamento preciso da temperatura conforme um determinado parâmetro é variado, e desta forma pode-se inferir possíveis causas de defeitos macroestruturais (visualizados através de uma estereoscópio) e defeitos microestruturais (visualizados através de um microscópio óptico), bem como a correlação da extensão de distintas zonas obtidas pelos processos anteriormente citados. Outro fato também esperado nas seguintes análises é estimar a variação das propriedades mecânicas obtidas em uma região processada / soldada com base nas temperaturas obtidas através da variação dos parâmetros.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . Integrantes: Saulo Brinco Diniz - Coordenador. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
      Membro: Saulo Brinco Diniz.
    3. 2018-2020. UTILIZACAO DO MECANISMO DE FRICCAO E MISTURA PARA SOLDAGEM E PROCESSAMENTO DE CHAPAS METALICAS
      Descrição: O processamento por fricção e mistura consiste no avanço (em linha reta ao longo da região a ser soldada / processada ? FSW / FSP) de uma ferramenta, constituída por um pino não consumível acoplado a um ombro, no qual giram com uma velocidade constante. A deformação plástica provocada entre a rotação da ferramenta com a(s) peça(s) a serem soldada/processada, são capazes de gerar calor e mistura dos materiais (no caso da soldagem), ou então uma grande modificação microestrutural na região processada. O auxílio financeiro do presente projeto de pesquisa tem como destino comprar ferramental de usinagem e matéria-prima para confecção de dispositivos de fixação, mesa fixadora, ferramenta, etc. Itens estes necessários para a realização do FSP/ FSW no CEFET ? Angra dos Reis. Além dos itens ferramentais e materiais primas, será adquirido um termômetro com 4 canais, para aferir temperaturas em 4 regiões diferentes simultaneamente durante a realização do FSW e FSP.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) . Integrantes: Saulo Brinco Diniz - Coordenador. Financiador(es): Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca - Auxílio financeiro.
      Membro: Saulo Brinco Diniz.

Prêmios e títulos

  • Total de prêmios e títulos (1)
    1. Professor Homenageado da I Turma de Engenharia Metalúrgica do CEFET campus Angra dos Reis, Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca.. 2020.
      Membro: Saulo Brinco Diniz.

Participação em eventos

  • Total de participação em eventos (10)
    1. Avaliação da fadiga do alumínio e suas ligas - Associação Brasileira do Alumínio (ABAL). 2020. (Outra).
    2. Congresso de Educação - De Repente Professor Online. 2020. (Congresso).
    3. II Congresso Online de Engenharia de Materiais (II EngMatCon). 2020. (Congresso).
    4. Il Simpósio de Engenharia Metalúrgica e de Materiais Sul Fluminense. 2020. (Simpósio).
    5. Live Demo: Análise Elementar com MEV de bancada. 2020. (Outra).
    6. Palestra _ Corrosão do Alumínio. 2020. (Outra).
    7. Palestra _ Modeling Grain Growth with the Monte Carlo Method. 2020. (Outra).
    8. SEPEX 2018 - CEFET/RJ - Campus Angra dos Reis.Apresentação de Trabalho - Iniciação Científica - Influência Dos Parâmetros De Friction Stir Processing (Fsp) Nas Propriedades Mecânicas De Uma Chapa De Uma Liga De Alumínio 1050 Com 3 Mm De Espessura. 2018. (Simpósio).
    9. SEPEX 2018 - CEFET/RJ - Campus Angra dos Reis.SEMINÁRIO DE ENGENHARIA E CURSO TÉCNICO - APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS DE TRABALHOS PARA ANO LETIVO DE 2019. 2018. (Simpósio).
    10. SEPEX 2018 - CEFET/RJ - Campus Angra dos Reis.SEMINÁRIO DE ENGENHARIA E CURSO TÉCNICO - APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS DE TRABALHOS PARA ANO LETIVO DE 2019. 2018. (Simpósio).

Organização de eventos

  • Total de organização de eventos (1)
    1. Saulo Brinco Diniz. I SEMANA DA ENGENHARIA METALÚRGICA - CEFET/RJ - Campus Angra dos Reis. 2017. .. . 0.

Lista de colaborações

  • Colaborações endôgenas (0)



    (*) Relatório criado com produções desde 2018 até 2021
    Data de processamento: 19/05/2021 13:20:17