Dissertações e produtos - PPEMM

Todos os arquivos abaixo contém o texto das dissertação e em seu apêndice o produto vinculado a essa dissertação

DocumentosData de inclusão

Ordenar por : Nome | Data | Acessos [ Descendente ]
(FRANCIRLEI GRIPA CARDOSO - Anna Carla Monteiro de Araújo) O fresamento de roscas permite uma alta velocidade de corte, ao contrário do macho de roscar, que ainda requer uma inversão do eixo da máquina, e permite a produção de diferentes diâmetros com a mesma ferramenta. Embora seja um processo de rosqueamento va
(FABIANO REZENDE DE CARVALHO NUNES - Luís Felipe Guimarães de Souza) Este trabalho apresenta uma metodologia desenvolvida utilizando um modelo elastoplástico parametrizado baseado no método de elementos finitos para analisar o efeito das tensões residuais de soldagem nos aços superduplex. O modelo desenvolvido considera o
(MARCO HELENO ANTON - Gilberto Alexandre Castello Branco) Este trabalho tem por objetivo caracterizar o aço IF tratado termicamente quanto aos tamanhos de grãos através da análise espectral de ondas ultrassônicas longitudinais. A motivação deste trabalho é a de obter um método de análise da atenuação ultrassônica que possa ser futuramente automatizado e utilizado no controle de qualidade do tratamento térmico dos aços. A metodologia ultrassônica utilizada é a do pulso-eco por contato, e o sinal adquirido a partir das amostras de aço é o da tensão versus tempo, que é posteriormente transformado matematicamente no sinal de atenuação da tensão versus frequência, e suavizado com um filtro linear. A base teórica para análise é a transição do regime Rayleigh para o regime estocástico. Apesar do filtro de suavização transladar o ponto de transição para frequências mais altas é possível associar os comprimentos de onda correspondentes a pontos de frequência da derivada segunda com os tamanhos de grãos obtidos pelo método metalográfico e de análise de imagem. Os melhores resultados nas associações entre o método ultrassônico e metalográfico são variações menores que 10,4 % para os tamanhos de grãos mínimos, máximos, e a média destes adicionada a uma parcela do desvio padrão.                                                                                                                                                      
(FERNANDO JOSÉ ANTUNES - Hector Reynaldo Meneses Costa) Este trabalho tem o objetivo de avaliar as propriedades mecânicas e microestruturais dos revestimentos metálicos aplicados com as ligas AISI 904L e INCONEL 625 na condição de como soldado e após tratamento térmico de alívio de tensões (TTAT), depositadas pelo processo de soldagem eletroescória (ESW) sobre o metal de base (MB) em aço carbono ASTM A 516, grau 70. Uma avaliação microestrutural foi realizada através das técnicas de microscopia óptica (MO) e eletrônica de varredura (MEV), bem como a determinação do perfil de microdureza das amostras, desde o metal de base até o respectivo revestimento, passando pela zona de interface entre os materiais em estudo. Além disso, foi realizada análise química para avaliações de diluição e cálculo do PREN para a liga AISI 904L. Os resultados obtidos por MO e MEV indicaram que ambos os revestimentos apresentaram uma microestrutura austenítica, com presença de precipitados e de zonas parcialmente diluídas (ZPD) próximo à linha de fusão. Observaram-se baixos valores de diluição e as medições de microdureza das regiões em estudo estão dentro da faixa estabelecida pelas principais normas de referência sobre o assunto. Os resultados mostraram que a aplicação dos revestimentos com a liga AISI 904L apresentaram um desempenho comparável ao INCONEL 625, quanto a sua soldabilidade e propriedades mecânicas. Além disso, verificou-se que a produtividade apresentada pelo processo de soldagem eletroescória foi superior as dos processos à arco elétrico.
(RAMON FONSECA FERREIRA - Maurício Saldanha Motta) Os aços inoxidáveis são materiais com utilizações crescentes nas indústrias, devido sua resistência a corrosão e propriedades mecânicas. Porém estes materiais exigem procedimentos de soldagem e inspeção adequados. As técnicas convencionais de ultrassom sã
 (AMILTON DE SOUZA LINS JÚNIOR - Jorge Carlos Ferreira Jorge) O  presente  trabalho  tem  como  objetivo  realizar  uma  avaliação  das  propriedades mecânicas de juntas soldadas de Aço HY-80. Para isto foram realizadas soldagens multipasse  pelos  processos  eletrodo  revestido  e  GMAW  com  preaquecimento  de  90ºC  e  temperatura interpasses  máxima de 150ºC  em chapas de  dimensões 850x150x30 mm em  aço HY-80,  na posição plana e energia de soldagem média de 1,2 kJ/mm. Após a soldagem as juntas foram inspecionadas  por  partículas  magnéticas  e  ultra-som,  não  sendo  detectadas  evidências  de descontinuidades  nas  juntas  soldadas.  Posteriormente,  realizou-se  tratamento  térmico  pós- soldagem à 600ºC e à 650ºC por 1 hora, sendo estas condições comparadas com a condição de  como  soldada.  Foram  realizados  ensaios  de  tração,  impacto  Charpy-V,  dureza  e metalográficos para  caracterização microestrutural.  Adicionalmente, foi  realizada  uma  análise comparativa de produtividade entre os processos. Os resultados mostraram ser possível obter propriedades mecânicas adequadas para todas as condições de análise. Além disso, verificou- se  que  a  produtividade  propiciada  pelo  processo  GMAW  foi  muito  superior  à  do  processo eletrodo revestido.    
(FELIPE ARÊAS VARGAS - Paulo Pedro Kenedi) O duto flexível possui uma complexidade estrutural baseada em multicamadas interindependentes de materiais tanto poliméricos quanto metálicos com funções variadas. Cada camada exerce uma função específica. A camada responsável pela resistência à tração do duto é a armadura de tração, composta por arames de aço dispostos helicoidalmente em duas camadas em sentidos opostos. Essa camada necessita ser ancorada no conector durante o processo de montagem do mesmo e, para essa ancoragem, é necessário realizar uma curvatura acentuada nos arames aplicando-se altos níveis de deformação, gerando assim tensões residuais no material que, por sua vez, podem alterar a vida à fadiga do duto. O objetivo deste trabalho é avaliar o nível dessas deformações provocadas pelo processo de curvatura dos arames pelo método experimental óptico da rede Bragg, fazendo uma comparação do mesmo com a metodologia de extensometria elétrica por "strain gages". E por fim propor um modelo analítico de tensões residuais, onde a distribuição de tensões residuais na seção transversal do arame está baseada nas deformações encontradas experimentalmente. A metodologia de teste usada apresentou resultados coerentes e mostrou poder detectar altos níveis de deformação residual que são introduzidas nos arames da armadura de tração dos dutos flexíveis durante sua fabricação. Os resultados do modelo analítico implementado pelo software Visual Basic monstram que a distribuição de tensões residuais na seção transversal do arame está diretamente relacionada com a sequência de curvaturas aplicada.Os dutos flexíveis são estruturas tubulares, formadas pela superposição de camadas metálicas (com função estrutural) e poliméricas (impermeabilizantes), que lhes conferem a capacidade de resistir às pressões do fluido interno, à pressão hidrostática devido à profundidade e às cargas dinâmicas de operação.      
(DIOGO GARCIA LOPES - Paulo Pedro Kenedi) Os dutos flexíveis são estruturas tubulares, formadas pela superposição de camadas metálicas (com função estrutural) e poliméricas (impermeabilizantes), que lhes conferem a capacidade de resistir às pressões do fluido interno, à pressão hidrostática da água do mar devido à profundidade e às cargas dinâmicas de operação. É necessário o uso de conectores em suas extremidades, para se fazer a terminação de um duto flexível, onde as suas diversas camadas são acopladas, garantindo a resistência mecânica do conjunto frente aos diversos carregamentos. A vedação das camadas internas também é garantida, evitando assim o vazamento do produto produzido, seja óleo, gás ou água. Este trabalho tem como principal objetivo avaliar, experimentalmente, as deformações provenientes do processo de montagem das armaduras de tração em conectores de dutos flexíveis e convertê-las na distribuição de tensões residuais pela seção transversal de armaduras de tração através de um modelo analítico. Estas distribuições de tensões residuais, por sua vez, podem ser usadas por modelos de elementos finitos como condição pré-existe de tensões, que se somam as tensões operacionais. Para a avaliação experimental, foi projetado e construído um gabarito, em escala real, na qual a armadura de tração, instrumentada com “strain gages”, foi submetida à mesma seqüência de montagem que as armaduras de tração em um conector.
(FÁBIO PINHEIRO DOS SANTOS - Luís Felipe Guimarães de Souza) O presente trabalho apresenta a avaliação dos efeitos da pressão parcial de CO2 no comportamento de corrosão-fadiga das armaduras de tração utilizadas em dutos flexíveis. O escopo do trabalho desenvolvido compreendeu a concepção de um dispositivo de fixaç
(VINÍCIUS RIBEIRO DOS SANTOS DE SÁ BRITO - Hector Reynaldo Meneses Costa) Esse trabalho tem como objetivo avaliar as propriedades de revestimentos formados pela aspersão de ligas em substrato de aço carbono. O processo usado foi o de aspersão térmica por arco elétrico em revestimentos metálicos. Foi feita uma avaliação microest
<< Início < Anterior 1 2 3 4 Próximo > Fim >>
JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL