Histórico

O CEFET/RJ é uma Instituição Federal de Ensino Superior, que tem quase 100 anos de história e que ao longo desses anos estabeleceu uma identidade própria associada ao desenvolvimento tecnológico e à formação de quadros profissionais reconhecidos pela sociedade, e em particular pelos segmentos da indústria regional. A contribuição com a formação de profissionais de engenharia, em especial, representa, há trinta anos, uma experiência bem sucedida.

Em 1986, como previsto na Lei n. 6.545 de 30 de junho de 1978 que o transformou em Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET), começou a desenvolver atividades de pesquisa científica e no final da década de 80 a discutir seu projeto de Pós-Graduação stricto sensu. Em 1992 iniciou o seu primeiro programa de Pós-Graduação stricto sensu, no âmbito das engenharias, em Tecnologia. Em 2003 teve aprovado o segundo programa de Pós-Graduação stricto sensu junto à CAPES, com o curso de Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática (PPECM).

No exercício de sua autonomia legal, a instituição elaborou e aprovou o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) do CEFET/RJ, para o período de 2005-2009. Este documento norteador das estratégias institucionais, estabelece como metas a expansão dos Programas de Pós-Graduação e a consolidação da Pesquisa, apoiando ações que construam as bases e os referenciais teóricos que nortearão projetos para a criação de novos cursos de mestrado e doutorado. É dentro deste contexto que surge o Programa em Engenharia Mecânica e Tecnologia dos Materiais (PPEMM).

A criação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica e Tecnologia de Materiais (PPEMM) surge da atuação de professores nos grupos de pesquisa do CEFET/RJ, no curso de graduação em Engenharia Industrial Mecânica (que a instituição desenvolve desde 1978) e da renovação de 30% do quadro de docentes nos últimos 3 anos.

Em relação aos cursos tradicionais de Engenharia Mecânica, o curso ministrado no CEFET/RJ apresenta uma sólida base na área de Materiais. Os alunos deste curso, dos quais muitos participam de programas de pesquisa na Instituição como o PIBIC (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica do CEFET/RJ, avaliado pelo CNPq entre os 5 melhores do País), têm sido desde o início do curso, em 2008, os principais interessados a desenvolverem dissertações de mestrado, que propõe a integração entre estas duas áreas, podendo, dessa forma, dar continuidade à sua formação. Em 2016 o programa teve o curso de doutorado aprovado pela CAPES, com conceito 4, possibilitando aos nossos alunos completar a sua formação acadêmica dentro da instituição.