Apresentação/Introduction

O 1º Encontro Fluminense de Mulheres em Biomatemática propõe o debate sobre a desigualdade de gênero nas ciências, em particular na matemática, e divulga o trabalho realizado por pesquisadoras fluminenses em biomatemática. Trata-se de uma área interdisciplinar em ascenção no Brasil, onde a matemática é aplicada a problemas oriundos da biologia, da medicina e das ciências humanas, através do ferramental da modelagem matemática, computacional e estatística, entre outros conteúdos. O evento pretende divulgar a importância do trabalho em Biomatemática para o desenvolvimento de nosso Estado; divulgar os resultados das pesquisas em Biomatemática realizadas por pesquisadoras fluminenses junto à comunidade científica e grande público; promover o fortalecimento dos grupos de pesquisa do Rio de Janeiro em Biomatemática e incentivar a participação feminina junto a esses grupos; atrair mulheres a atuar não só em Biomatemática, mas na matemática e nas ciências em geral. O evento assim se caracteriza como oportunidade única para que se possa conhecer o que as pesquisadoras fluminenses fazem, pensam e propõem para solucionar problemas que afetam a população de nosso Estado, como, por exemplo, o controle de epidemias de febre amarela e da gripe H1N1, controle do Aedes Aegypti, controle do HIV e combate ao câncer.

The 1st Fluminense Meeting of Women in Biomathematics proposes the debate on gender inequality in the sciences, in particular in mathematics, and publicizes the work carried out by female researchers in biomathematics. It is an interdisciplinary area in ascension in Brazil, where mathematics is applied to problems from biology, medicine and humanities, through the tools of mathematical, computational and statistical modeling, among other contents. The event intends to propagates the importance of the work in Biomathematics for the development of our State; to disseminate the results of researches in Biomathematics performed by female researchers in the scientific community and the general public; to promote the strengthening of Rio de Janeiro research groups in Biomathematics and to encourage female participation in these groups; attract women to work not only in Biomathematics, but in mathematics and science in general. The event is characterized as a unique opportunity to know what researchers in Rio de Janeiro do, think and propose to solve problems that affect the population of our State, such as the control of epidemics of yellow fever and H1N1 flu , Aedes Aegypti control, HIV control and cancer control.

O evento será realizado dos dias 15 e 17 de agosto, no 5º andar do bloco E, no Auditório 5 do CEFET/RJ, localizado na Av. Maracanã, 229, Maracanã - Rio de Janeiro/RJ, e no dia 16 de agosto, no Salão Muniz Aragão, do Campus da UFRJ na Av. Pasteur, 250, 2º andar — Urca, Rio de Janeiro/RJ. The meeting will take place, August 15th and 17th, in 5o andar- bloco E - Auditório 5 - CEFET/RJ, located in Av. Maracanã, 229, Maracanã - Rio de Janeiro/RJ, and August 16th in Salão Muniz Aragão, Campus da UFRJ in Av. Pasteur, 250, 2nd floor — Urca, Rio de Janeiro/RJ.

Palestrantes Confirmadas/Confirmed Speakers

placeholder+image

Carolina Bhering de Araújo possui graduação em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e doutorado em Matemática por Princeton University. Fez pós-doutorado no Mathematical Sciences Research Institute - MSRI, Berkeley. Atualmente é pesquisadora do IMPA - Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - e Simons Associate do ICTP - Abdus Salam International Centre for Theoretical Physics. É membro do Committee for Women in Mathematics da IMU - International Mathematical Union. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Geometria Algébrica Complexa.

placeholder+image

Cláudia Torres Codeço possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestrado em Engenharia Biomédica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, doutorado em Quantitative Biology - University Of Texas At Arlington e pós-doutorado em Epidemiologia Teórica - Instituto Gulbenkian de Ciência. Atualmente é pesquisadora titular da Fundação Oswaldo Cruz. Atua como docente na Pós-Graduação de Epidemiologia em Saúde Pública (ENSP/Fiocruz). Tem experiência na área de Dinâmica de Populações, com ênfase em Modelagem Matemática de Dinâmica de Doenças Transmissíveis, atuando principalmente nos seguintes temas: ecoepidemiologia de doenças transmitidas por vetores, biomatemática, dinâmica de processos transmissíveis e ecologia populacional de vetores, modelagem aplicada à vigilância.

placeholder+image

Fatima Cristina Smith Erthal Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestrado e doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia) pela mesma Universidade. Pós-doutorado no Laboratório de Neurobiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do Rio de Janeiro, membro do Programa de Neurobiologia do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho e da pós-graduação em Ciências Biológicas, modalidade Fisiologia. Atualmente é coordenadora do Programa de Neurobiologia do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho. Tem experiência na área de Neurofisiologia, com ênfase em sistemas motivacionais, plasticidade cerebral, atenção e neuroimagem funcional por ressonância magnética cerebral.

placeholder+image

Karin da Costa Calaza Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestrado e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Participou do programa de Doutorado Sanduiche com estágio na Cornell University e realizou o pós-doutorado no Visual Neuroscience Departament do Ophtalmology Institute da University College London. Atualmente é professora associada IV do Departamento de Neurobiologia, orientadora permanente da Pós-Graduação em Neurociências da Universidade Federal Fluminense, bolsista de produtividade do CNPq (nível 2) e Cientista do Nosso Estado (FAPERJ). Coordenadora do laboratório de Neurobiologia da Retina, tem experiência na área de Morfologia e fisiologia da retina, com ênfase em Citologia e Biologia Celular e Biofísica dos sistemas e processos, atuando principalmente nos seguintes temas: neuromediadores, desenvolvimento e patologias da retina. Desenvolve estudos que avaliam o papel da cafeína e dos canabinóides no desenvolvimento da retina e mecanismos de morte de celular em disfunções retinianas (isquemia e hiperglicemia), utilizando modelo de retina avascular e vascular. Karin é mãe de duas filhas.

placeholder+image

Liliam Cesar de Castro Medeiros possui graduação em Bacharelado em Matemática pela Universidade Federal de Pernambuco, mestrado em Matemática pela Universidade Federal de Minas Gerais e doutorado em Matemática Computacional pela Universidade Federal de Pernambuco. Atualmente é professora Assistente Doutora no Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Tem experiência nas áreas de Epidemiologia Ambiental, Matemática Computacional, Computação Aplicada e Modelagem Dinâmica, atuando principalmente nos seguintes temas: Modelagem Dinâmica Espacialmente Explícita, Modelagem Baseada em Agentes, Autômatos Celulares, Redes Complexas, Matemática Computacional e Matemática. Atua em trabalhos de extensão e projetos voltados à Prevenção de Saúde, ao Desenvolvimento Humano, à Alimentação Saudável e ao Meio Ambiente.

placeholder+image

Lora Billings é reitora da Faculdade de Ciências e Matemática da Montclair State University. Ela atuou como reitora em exercício do Colégio desde julho de 2017. De 2014 a 2017, atuou como Diretora do Programa de Matemática Aplicada da National Science Foundation (NSF) na Divisão de Ciências Matemáticas da Diretoria de Matemática e Ciências Físicas. Seu atual programa de pesquisa em matemática aplicada enfoca a análise matemática de sistemas dinâmicos estocásticos e a previsão de eventos raros para modelos em ecologia e epidemiologia. Produziu mais de 100 artigos e apresentações sobre matemática aplicada. É também co-editora do SIAM Journal on Applied Dynamics Systems (SIADS). Dr. Billings é mestre e doutorada em Matemática Aplicada pela Universidade do Colorado, Boulder , e possui B.S. em Matemática pelo Lafayette College em Easton, Pensilvânia.

placeholder+image

Maira Covre Sussai Soares é Professora Adjunta do ICS - Instituto de Ciências Sociais, departamento de Sociologia da UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Doutora em Ciências Sociais pela Universidade de Leuven (Katholieke Universiteit Leuven - K.U.Leuven). Pesquisa os fatores relacionados à divisão das tarefas domésticas entre os casais brasileiros. Também investiga as relações de gênero, assim como as características socioeconômicas e culturais dos casais vivendo em uniões consensuais na América Latina através de análise quantitativa. Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Espírito Santo (1998), mestrado acadêmico (advanced master) em Análise Quantitativa aplicada às Ciências Sociais, pela Universidade de Leuven (2011) e mestrado profissional pela Fucape (2007). Mãe de duas crianças, esteve em licença maternidade de maio de 2016 a fevereiro de 2017.

placeholder+image

Mariane Branco Alves possui graduação em Estatística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutorado em Estatística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do Rio de Janeiro e membro do Programa de Pós-Graduação em Estatística do IM/UFRJ. Tem experiência na área de Probabilidade e Estatística, com ênfase em Probabilidade e Estatística Aplicadas, atuando principalmente nos seguintes temas: Inferência Bayesiana, Modelos Dinâmicos Generalizados, Análise de Sobrevivência, Modelos temporais, espaciais e espaço-temporais.

placeholder+image

Nildimar Honório é Pesquisadora Titular em Saúde Pública do Laboratório de Mosquitos Transmissores de Hematozoários do Instituto Oswaldo Cruz, Fiocruz e coordenadora do Núcleo Operacional Sentinela de Mosquitos Vetores-NOSMOVE (Parceria DIRAC-IOC-VPAAPS). É bióloga, graduada em Ciências Biológicas pela Universidade do Grande Rio, mestrado e doutorado em Biologia Parasitária pela Fundação Oswaldo Cruz, e pós-doutorado em ecologia de mosquitos vetores de arboviroses pela Universidade da Florida, Estados Unidos (2017). Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores, atuando principalmente nos seguintes temas: Aedes aegypti, dengue, Aedes albopictus, anofelinos, ecologia de vetores, epidemiologia e mobilização social e educação permanente no controle do dengue. Membro do Comitê do Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical do IOC, da Câmara Técnica de Ambiente e Saúde do IOC e Membro da comissão do Programa de Controle da Dengue em Manguinhos (PCDM). Atua no campo da educação popular em saúde e formação de jovens e crianças moradoras do território de Manguinhos e de áreas endêmicas do Rio de Janeiro. Atualmente orienta no Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical do IOC e no Curso de Mestrado Profissional em Vigilância e Controle de Vetores do IOC.

placeholder+image

Paula Mendes Luz possui graduação em Medicina pela Universidade Federal Fluminense (2002), mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2005) e doutorado em Epidemiology of Infectious Diseases pela Yale University (2009). Atualmente é assistente de pesquisa do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas da Fundação Oswaldo Cruz. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Epidemiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: modelagem matemática de doenças infecciosas, desenho e análise de estudos epidemiológicos, análise estatística de dados epidemiológicos e avaliações econômicas em saúde, em particular, análises de custo-efetividade.

placeholder+image

Sara del Valle é Ph.D. Em Applied Mathematics and Computational Sciences pela University of Iowa. Dentre seus interesses encontram-se desenvolver, integrar e analisar modelos matemáticos e computacionais para a disseminação de doenças infecciosas, incluindo varíola, antraz, malária, HIV e gripe em escala pandêmica. E ainda, estudar o papel do comportamento social na dinâmica da doença, incluindo o impacto das mídias sociais no comportamento e no desenvolvimento de modelos computacionais para estudar esses impactos.

placeholder+image

Shweta Bansal é professora assistente de biologia na Georgetown University e é especialista em modelagem de redes de contato para doenças infecciosas. Foumou-se em matemática interdisciplinar aplicada e computacional pela Universidade do Texas em Austin, e particpou do Programa de Bolsas Pós-Doutoradas do RAPIDD (US National Institutes of Health and Department of Homeland Security)). Na Universidade de Georgetown, lidera um grupo de pesquisa que desenvolve modelos matemáticos baseados em dados para a prevenção e contenção de doenças infecciosas humanas e animais, usando ferramentas de ciência de rede, física estatística, ciência da computação e estatística.

placeholder+image

Silvia Cristina de Carvalho Cardoso é formada em Enfermagem e Obstretícia pela Universidade do Rio de Janeiro – UNIRIO, possui mestrado em Enfermagem pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Doutorado em Saúde Coletiva pelo Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da UFRJ. Atua como docente do curso de Enfermagem da Unigranrio e no Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde/CIEVS da SES RJ. Tem experiência na área de Saúde Pública, atuando principalmente na Vigilância Epidemiológica.

placeholder+image

Solange Rutz Obteve o bacharelado em Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1984), doutorado em Física Matemática pela School of Mathematical Sciences - Queen Mary & Westfield College, University of London - Inglaterra (1993) e pós-doutorado em Biologia Matemática pela University of Alberta - Canada (2003). É professora adjunta do departamento de Matemática da Universidade Federal de Pernambuco, desenvolvendo a linha de pesquisa em Modelagem Matemática e Computacional em Biologia. Tem experiência nas áreas de Física Matemática e Ecologia Teórica, atuando principalmente em modelagem matemática e computacional em Biologia, utilizando computação algébrica (Maple) e geometria diferencial (Espaços de Finsler e Teoria KCC) como ferramentas.

Minicurso

Nome da professora: Renata Campos Azevedo

Público alvo: Alunos dos cursos de matemática com interesse de aplicação da matemática nas áreas de biologia e saúde

Resumo: O curso traz conceitos básicos de genética para fundamentar as ferramentas e modelos matemáticos utilizados nos estudos de evolução (principalmente viral). Introduz os vírus e a relação multifatorial para a emergência de epidemias. Traz também o conceito da epidemiologia e sua atuação na prevenção e controle de doenças.

1º dia do Minicurso

09h ‐ 10h30

- composição das moléculas de DNA e RNA,
- capacidade de codificação da informação celular (fluxo de informação na célula)
- introdução sobre o processo de síntese das moléculas de DNA/RNA (importante para a compreensão dos processos de mutação)
- breve introdução sobre mutações e seu papel na evolução (introdução para modelos de análise filogenética).

10h30 ‐ 11h Intervalo

11h ‐ 12h

- manipulação in vitro do DNA/RNA e suas aplicações
- utilização do DNA como marcador de identidade (testes de paternidade, etc...)
- Identificação de microorganismos - utilização no diagnóstico para detecção do agente causador da doença infecciosa.
- Modelos utilizados para estudo de evolução

2º dia do Minicurso

09h ‐ 10h30

Doenças infecciosas – Vírus

- Características estruturais dos vírus e a relação com a matemática
- Dependência celular e ciclo de replicação
- Ciclos na natureza

10h30 ‐ 11h Intervalo

11h ‐ 12h

Epidemiologia

- Objetivo da epidemiologia (Prevenção e controle)
- causalidade, história natural, prognóstico, prevenção e tratamento

Comissão Organizadora/Organizing Committee

placeholder+image

Cristiane Faria(cofaria@ime.uerj.br) - possui bacharelado em Física pela Universidade Federal de Goiás e em Matemática Aplicada e Computação Científica com ênfase em Dinâmica dos Fluidos pela Universidade de São Paulo. Mestrado em Física pela Universidade Estadual de Campinas e doutorado em Modelagem Computacional pelo Laboratório Nacional de Computação Científica. Atualmente, é professora adjunta do Departamento de Análise Matemática do IME/UERJ e participa dos Programas de Pós-Graduação em Ciências Computacionais (Ccomp - IME) e em Engenharia Mecânica (PPG-EM), ambos da UERJ, sendo a Coordenadora Geral do PPG-Ccomp. Tem experiência na área de Matemática Aplicada e Modelagem Computacional, atuando principalmente nos seguintes temas: Análise Numérica, Método de Elementos Finitos, Modelagem Matemática, Reologia Computacional, Mecânica e Elasticidade.

placeholder+image

Claudia Mazza Dias (mazzaclaudia@gmail.com) - possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Santa Úrsula, mestrado e doutorado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - COPPE. Fez Pós-Doutorado em Matemática Aplicada e Computacional no Laboratório Nacional de Computação Científica - LNCC. Atualmente é professora Associada do Instituto Multidisciplinar da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. É professora permanente e coordenadora do curso de Mestrado em Modelagem Matemática e Computacional da UFRRJ. Tem experiência nas áreas de Modelagem Computacional e Matemática Aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: integração reduzida, método dos elementos finitos, formulações estabilizadas, técnicas de pós-processamento, modelagem de problemas de transporte, simulação numérica de contaminação de aquíferos e de escoamento em rios e lagos, modelos de dispersão e de invasão biológica, modelos epidemiológicos e controle de doenças infecciosas.

placeholder+image

Dayse Haime Pastore (daysepastore@gmail.com) - possui bacharelado em Matemática pela Universidade Federal do Espírito Santo, mestrado e doutorado em Matemática pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada. Atualmente é professora associada do Centro Federal de Educação Tecnológica “Celso Suckow da Fonseca” do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Matemática Aplicada e Educação, com ênfase em Educação Matemática e Biomatemática, atuando principalmente nos seguintes temas: aprendizagem, equações diferenciais ordinárias, modelagem matemática e modelagem computacional.

placeholder+image

Renata Campos Azevedo(renatacampos@micro.ufrj.br) - possui mestrado em Ciências Morfológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutorado em Microbiologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atua como Professor Adjunto no Departamento da Virologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Virologia, atuando principalmente nos seguintes temas: diagnóstico, epidemiologia molecular, soroepidemiologia, produção e validação de imunoensaios.

placeholder+image

Stefanella Boatto (stefanella.boatto@matematica.ufrj.br) - possui graduação em fisíca teorica da Universita di Bologna, Italia. Possui mestrado e doutorado na University of Chicago e qualificações como Professeur d'Université (Ministeiro da Educação Superiore e da Pesquisa, França) na áreas de Matemática Aplicada. Foi pesquisadora associada (Attaché de Recherche) do Laboratoire de Hydrodynamique (LaDyX) da École Polytechnique (França) e membro associado do grupo Astronomie et Systemes Dynamique, Institute de Mecanique Celeste, Paris (França). Além disso foi pesquisadora de pos-doutorado do programa PDE/Sistemas Dinâmicos, Fields Institute (Toronto)/University of McMaster (Hamilton), Canada e do IMPA. Mais recentemente foi professora convidada durante um ano do projeto DISCO, Inria-CentraleSupelec (França). Atualmente é professora associada do Departamento de Matemática Aplicada, Instituto de Matemática da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Matemática Aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: redes complexas, sistemas dinâmicos, geometria diferencial, análise a muilti-escala, EDP linares e data fitting, com aplicaçoes à dinâmica dos fluidos (sistemas de N-vortices e N-massas sobre variedades), e modelagem bio-matemática (modelagem epidemiologico). Tem atualmente projetos de colaboraçao com os grupos de pesquisa de Catherine Bonnet (DISCO, Inria-CentraleSupelec, França) & Bernard Cazelles (IRD-ENS-UPMC, França).

Programação Geral / General Programming

Programação completa e Resumos

placeholder+image

Inscrição/Registration

Para se inscrever no evento basta inserir as informações nos campos abaixo. As inscrições são gratuitas para estudantes de todos os níveis. Professores, Pesquisadores e demais Profissionais terão suas inscrições confirmadas a partir da identificação do depósito da taxa de inscrição de R$ 20,00.

To subscribe to the event simply enter the information in the fields below. Registration is free for students of all levels. Teachers, Researchers and other Professionals will have their registrations confirmed from the identification of the deposit of the registration fee of R$ 20,00.


As inscrições no Mini-curso “Fundamentos da Biologia para Matemáticos” estão limitadas aos 60 primeiros participantes que efetuarem inscrição/pagamento da taxa de R$ 20,00 independentemente da categoria do participante (estudantes ou profissionais). O pagamento pode ser feito concomitantemente com o pagamento de inscrição no caso de Professores, Pesquisadores e demais Profissionais.

Subscribes in the Mini-course “Fundamentals of Biology for Mathematicians“ are limited to the first 60 participants who register/ pay the fee of R$ 20,00 regardless of the category of the participant (students or professionals). The payment can be made concurrently with the payment of registration in the case of Teachers, Researchers and other Professionals.


O evento prevê duas categorias de submissão de trabalhos: Posters e Contribuições Orais (com duração aproximada de 20 minutos). Os interessados em apresentar seus resultados em pesquisas relacionadas à Biomatemática devem se inscrever no evento, completando no formulário abaixo os campos referentes a “Título do Trabalho”, “Resumo”, “Autores e Afiliações” e “Tipo de Apresentação Pretendida”, impreterivelmente até 31 de julho. Apenas um autor deverá submeter as informações sobre o trabalho. Aos demais autores será necessária apenas a inscrição no evento caso venham ao evento. Serão aceitos trabalhos apresentados por mulheres e homens, no entando é necessário que entre a lista dos autores figure pelo menos uma autora mulher. A Comissão Organizadora poderá alterar a categoria do trabalho para outra mais apropriada caso seja necessário. Maiores Informações: women.biomathematics.rio@gmail.com

The event provides two categories of submission of works: Posters and Oral Contributions (approximately 20 minutes). Those interested in submitting their results in Biomathematics-related research must register for the event by completing the fields referring to "Title of Work", "Summary", "Authors and Affiliations" and "Type of Submission Required" below July 31. Only one author should submit the work. Other authors will only need to sign up for the event if they come to the event. Papers presented by women and men will be accepted, although it is necessary that the list of authors should include at least one woman author. The Organizing Committee may change the category of work to another more appropriated if necessary. Informations: women.biomathematics.rio@gmail.com


Dados para Depósito: Banco Bradesco (Deposit: Bradesco Bank)
Conta Poupança (Savings Account) No. 1003519-8
Agência(Agency): 0666
CPF: 659740501-34
Em nome de (In the name of): Cristiane Oliveira de Faria.
Após efetuar o depóstio, enviar a cópia do comprovante para: women.biomathematics.rio@gmail.com
After making the deposit, send the copy of the receipt to: women.biomathematics.rio@gmail.com

Valores:

Alunos de todos os níveis Inscrição gratuito
Minicurso R$20,00
Professores, pesquisadores e demais profissionais Inscrição R$20,00
Minicurso R$20,00